MARCAÇÃO DO BATISMO

MUITAS FELICIDADES!!

 

Deus vos concedeu a alegria e o dom da paternidade. 

Os pais escolhem para os filhos o melhor. Vós escolhestes para Ele um grande Amigo, é Jesus. Com o batismo o vosso filho entrará na grande família da Igreja Católica. A vossa alegria é a alegria da Igreja.

Faça a marcação do batismo nos dias de atendimento paroquial.

Pode preencher o assento do Batismo e saber quais os documentos a apresentar:

NOTA:

COMO FAZER PARA MARCAR O BATISMO DO MEU FILHO?

1. Ir ao cartório e atendimento paroquial: de Terça-feira a Sábado das 10h00 às 13h00 e das 14h30 às 19h00.

 

2. Pedir o Assento para o Batismo.

 

3. Levar o Assento para casa e preencher com toda a informação do bebé, dos pais, dos avós e dos padrinhos.

 

4. Marcar a DATA DO BATISMO.

 

Horários das celebrações do Batismo: 

Sábado ou Domingo. Também durante a semana.

Informações sobre Batismos       

O Que é o Baptismo?

O batismo é um sacramento: um sinal visível - a água e as palavras do celebrante - que, por sua vez, é sinal de uma realidade invisível mas real: o amor e a salvação de Deus.O Batismo é o primeiro sacramento. Pelo Batismo, abrem-se-nos as portas da vida cristã e passamos a fazer parte da Igreja, a comunidade dos que seguem Jesus Cristo. 

 

O Batismo faz-nos filhos de Deus.

 

Pelo Batismo, nascemos para uma vida nova e vivemos a felicidade de ter a Deus como Pai. O Batismo une-nos a Jesus Cristo, faz de nós seus irmãos. Com Ele passamos da morte do pecado para a Sua vida sem fim. 

 

O Batismo dá-nos o Espírito Santo que é a luz que nos ilumina, a graça que nos renova, a força que nos impele a viver o Evangelho e a amar todos os homens e mulheres. 

 

Os Padrinhos

O número dos padrinhos
Cada criança pode ter um só padrinho (homem ou mulher) ou dois (homem e mulher).

 

Requisitos para se ser padrinho:

  1. Ter completado os 16 anos de idade.

  2. Ter capacidade para cumprir a missão própria dos padrinhos e o propósito de a realizar.

  3. Ser católico e ter recebido os sacramentos da iniciação cristã: Baptismo, 1ª Comunhão e Crisma.

  4. Se for casado, que o tenha sido na Igreja, e que não esteja em situação ilegal, perante a Igreja, no que diz respeito a situações maritais (p. ex. união de facto ou civil).

 

Questões práticas a ter em conta antes do Batismo:

A veste baptismal
A veste baptismal deve ser branca. O sentido do branco na liturgia tem a ver com a pureza. Pelo baptismo a criança é incorporada na Igreja e nasce para uma vida nova, a vida da graça. Esse sentido de nova vida traz consigo a pureza interior simbolizada na veste branca que a criança deve trazer.

 

A vela do Baptismo
Os pais devem adquirir, atempadamente, a vela do baptismo, que só deve ser acendida no Círio Pascal, durante a celebração do baptismo, e quando lhes for indicado.

 

Os fotógrafos

Ao critério dos pais.

 

Oferta para a igreja

A Paróquia disponibiliza um envelope para dar uma oferta, ao critério dos pais, para a nossa igreja paroquial. OBRIGADO
 

 

 

 

 

 

 

PASSOS A DAR PARA A CELEBRAÇÃO DO CASAMENTO

1. Escolher uma data para o casamento.

 

2. Senhor Padre para a celebração do casamento: Normalmente é o Pároco da Igreja da noiva ou do noivo onde é celebrado o casamento. Na impossibilidade ou outro motivo convide outro sacerdote. Reserva a celebração na sua agenda.

 

3. Igreja ou Capela: Geralmente os casamentos são celebrados na Paróquia da Noiva ou do Noivo. Pode contudo ser celebrado numa outra Igreja Paroquial ou Capela.

 

4. Os noivos devem informar-se sobre as datas do Curso de Preparação para o Matrimónio (CPM). O curso não é obrigatório mas muito importante na preparação católica deste passo. Informações sobre os cursos em: ou junto do seu pároco.

 

5. Crisma – o Sacramento do Crisma é obrigatório para a celebração do Sacramento do Matrimónio. Se não tem o crisma inscreva-se num grupo de adultos para o Crisma ou então em diálogo com o seu Pároco comprometa-se a ingressar num grupo de preparação para o Crisma depois do casamento e segundo a sua disponibilidade.

 

6. Pode contrair casamento quem está em estado livre: solteiro ou viúvo. Deve possuir a maioridade, ter 18 anos. Se não for maior, os pais devem assinar no Registo Civil um documento de que assumem a responsabilidade pelo menor.

7. Em qualquer Conservatória do Registo Civil peça um Certificado para Casamento na Igreja Católica. O certificado uma vez emitido tem validade para 6 meses. Terá de casar durante esse prazo.

 

8. Documentos necessários na Conservatória do Registo Civil para a instrução do processo: (do Código do Registo Civil, artigo 137º)

 

1 - A declaração inicial deve ser instruída com os seguintes documentos:

 

a) Documentos de identificação dos nubentes ou, sendo estes estrangeiros, título ou autorização de residência, passaporte ou documento equivalente;

 

b) Certidão da escritura de convenção antenupcial, caso tenha sido celebrada;

 

2 - Se o nubente for estrangeiro deve apresentar certidão do registo de nascimento que tem apenas de satisfazer a forma exigida para o mesmo fim pela lei do país de origem.

 

3 - São dispensados da apresentação dos documentos referidos na alínea a) do n.º 1 os nubentes que se façam representar por procurador.

 

4 - Na sequência da declaração inicial é imediata e oficiosamente consultada a base de dados do registo civil, sendo integrados na base de dados os documentos que se mostrem necessários, de forma a comprovar:

 

a) Os registos de nascimento dos nubentes;

b) O registo de óbito do pai ou da mãe de nubente menor, quando o progenitor falecido estivesse investido no exercício do poder paternal, excepto se houver tutela instituída;

c) A celebração de convenção antenupcial declarada perante o conservador, caso tenha sido celebrada.

 

5 - A comprovação do nascimento dos nubentes e dos óbitos necessários à instrução do processo pode ser substituída por certificados de notoriedade, passados nos termos previstos neste Código.

9. Processo religioso de casamento: o processo de casamento religioso é organizado sempre na Paróquia da Noiva. Pode ser organizado na Paróquia do Noivo se o casamento for celebrado nessa Paróquia. Quem organiza o processo é o Pároco da Noiva, independentemente do Padre que vai assistir à celebração do casamento.

 

10. Se já tiverem casado civilmente, terão de pedir Certidão do Casamento Civil ou Boletim do Casamento, que o pároco anexará ao processo religioso.

 

11. Documentos necessários para o Processo religioso de Casamento.

 

a) Se não está casado no civil, um Certificado para Casamento passado por uma qualquer Conservatória do Registo Civil.

 

b) Bilhete de Identidade em dia ou cartão de cidadão.

 

c) Uma certidão de Batismo e Crisma.

 

d) Um certificado de estado livre dos dois se tiver residido depois dos 16 anos fora da sua paróquia por mais de um ano. O certificado de estado livre é pedido em todas as paróquias onde residiu depois dos 16 anos por mais de um ano. Trata-se de provar que nunca contraiu casamento religioso.

 

e) Nomes e Residência completa das duas testemunhas do casamento e Fotocópias do Bilhete de Identidade das testemunhas.

 

f) Os casamentos católicos têm efeitos no civil. A lei civil reconhece valor e eficácia de casamento ao matrimónio católico. Não pode haver casamento religioso sem o efeito no civil. Se o casal já se encontra casado no civil o casamento terá apenas efeitos religiosos.

 

13. Depois de concluído o Processo Religioso deve entrega-lo na Câmara Eclesiástica onde receberá o Nada Obsta para o casamento. Uma vez pagas as Taxas deve entregar o processo na Paróquia onde irá celebrar o matrimónio.

14. TAXAS A PAGAR NO CASAMENTO:

 

NA PARÓQUIA:

Organização do processo de matrimónio, incluindo todos os documentos passados pelo respetivo cartório paroquial: 25€.

Livro para Capela: 25€

Serviço religioso em capela particular: 25€

Serviço religioso na Igreja paroquial: ao critério dos noivos

 

15. NA CÂMARA ECLESIÁSTICA:

Atestação referente a processo ordinário da Diocese: 15€.

Não realização dos proclames: 7,50€.

 

Suplemento no caso de transferência:

a)  para outra Igreja paroquial ou Diocese estranha: 20€.

b) Para Igreja não paroquial ou Capela: 45€.

c)  Para Capela particular: 100€.

 

Suplemento por dispensa de impedimento: 12,50€.

  

16. Preparar com o Senhor Padre que assistirá ao matrimónio a celebração e o rito.

 

17. Celebrar o Sacramento da Reconciliação ou Confissão.

 

18. Escolher um coro e combinar com o Senhor Padre os cânticos.

 

19. Combinar com o Pároco as flores e a decoração.

 

OFERTAS: é costume dar uma oferta ao Senhor Padre que celebra o matrimónio e outra à Igreja Paroquial ou Capela.

 

21. CELEBRAÇÃO DO MATRIMÓNIO – MUITAS FELICIDADES.

 

22. ASSINATURAS: São realizadas as assinaturas no livro dos matrimónios da Paróquia e no duplicado a ser enviado pelo Pároco para a Conservatória do Registo Civil.

Sacramentos e Bênçãos

Bênção de objetos religiosos:

Pode dirigir-se ao sacerdote antes ou depois da missa.

Bênção de carros:

Pode dirigir-se ao sacerdote antes ou depois da missa. Estacione perto da porta da sacristia.

Bênção de casas:

Faça a marcação na Paróquia.

SANTA UNÇÃO

Qualquer doente ou familiar de um doente pode pedir o Sacramento da Santa Unção.

Uma vez pedido ao sacerdote pode ser recebido na Igreja ou em casa do doente acamado.

Em caso de urgência pode ligar para a paróquia.

BODAS DE PRATA E OURO MATRIMONIAIS:

Pode marcar a celebração na hora do cartório ou antes e depois de qualquer missa.

CELEBRAÇÃO DO CRISMA

 

Celebram o Crisma os jovens inscritos na Catequese do 10º Volume ou os adultos com mais de 20 anos que frequentaram a preparação de adultos para o Crisma.

 

A preparação para o CRISMA DE ADULTOS é feita sempre no mês de FEVEREIRO, MARÇO, ABRIL. Faça a sua inscrição nos meses de outrubro, novembro, dezembro ou janeiro.

SACRAMENTOS

BATISMO
CASAMENTO